Procedimentos Dermatológicos

Curetagem

A curetagem, na dermatologia, é uma técnica específica de remoção de tecido utilizando-se um instrumento não cortante, a cureta. Pode ser realizada como procedimento único para lesões superficiais, como, por exemplo, molusco contagioso ou ceratose seborreica, ou como complemento em tratamento de outras lesões cutâneas, como verrugas gerais, ou até carcinomas basocelulares.

Quando realizada superficialmente, pode ser feita apenas com anestesia tópica. Para procedimentos mais profundos, demorados ou em pacientes mais sensíveis é recomendável a infiltração anestésica.

Indicação:

É muito corriqueiro a curetagem fazer parte de outro procedimento maior como, por exemplo, uma eletrocirurgia ou uma criocirurgia. As indicações mais comuns desse método são em casos de:

  • Molusco contagioso;
  • Verrugas virais;
  • Ceratose seborreica;
  • Ceratose actínica;
  • Carcinoma basocelulares pequenos e de baixa agressividade.