Procedimentos Dermatológicos

Hiperpigmentação

O que é?

Hiperpigmentação é o escurecimento da pele por aumento da produção da melanina. Pode ocorrer em toda a pele, como no caso do bronzeamento pelo sol, ou apenas em parte dela e até nas unhas. Isso resulta em manchas que variam de castanho claro ao preto, e que também podem variar em tamanho e forma.

É uma alteração cutânea comum e que pode prejudicar a aparência e a qualidade de vida dos pacientes. Podem ser causadas por inúmeros fatores como: exposição solar, trauma, uso de hormônio ou de algumas medicações, doenças endocrinológicas, uso de alguns cosméticos, exposição a agentes físicos e químicos, alterações genéticas e tumores (melanomas).

Sintomas:

O principal é o surgimento de machas escuras na pele que estejam crescendo, ou não melhorem espontaneamente.

Tratamento:

O diagnóstico é feito pelo exame clínico e, às vezes, também com exames complementares como a dermatoscopia, o exame micológico direto, a biópsia da lesão e dosagens hormonais. O tratamento vai depender da identificação da causa ou origem da hiperpigmentação. Podem ser utilizados cremes com ativos que reduzem a formação de melanina, filtros solares, peelings químicos e lasers.

Prevenção:

O uso de filtro solar pode ser uma forma de prevenção para algumas formas de hiperpigmentação.