Centro Paulista de Dermatologia

Cirurgia Dermatológica

O que é?

 

Procedimento simples realizado sob anestesia local no qual um pequeno fragmento da pele ou da mucosa é retirado para análise patológica.

 

Indicação

 

A biópsia, em casos dermatológicos, é realizada a fim de diagnosticar doenças de pele císticas, tumorais, inflamatórias, do desenvolvimento ou de depósito. Nas biópsias excisionais, o objetivo é a resolução do processo por meio da avaliação da suficiência das margens de ressecção cirúrgica.

O que é?

 

Termo médico utilizado para descrever a aplicação de uma substância cáustica ou ácida sobre uma lesão, com o objetivo de removê-la. Após a aplicação do produto, a lesão fica esbranquiçada e pode arder. Ao redor do local tratado a pele pode ficar vermelha, irritada e até inchada. Nos dias subseqüentes, a área escurece e fica enrijecida, devido à morte das células. Duas semanas após o procedimento, as crostas que se formam sobre a lesão são eliminadas.

O tipo de substância utilizada pode levar a um aspecto diferente, com coloração amarelada, em vez de esbranquiçada. A substância mais utilizada é o ácido tricloroacético, mas outros ácidos podem ser utilizados, a critério médico e de acordo com a doença em questão. O hidróxido de potássio é outra substância que pode ser usada, notadamente no tratamento do molusco contagioso, conforme a avaliação do dermatologista.

 

Indicação

 

Normalmente, usa-se a técnica para tratar queratoses actínicas, queratoses seborreicas, verrugas virais, granuloma piogênico (área sangrante que pode surgir após um trauma ou machucado na pele ou mucosa), entre outros problemas. Podem ser necessárias várias sessões, a depender do tipo de lesão tratada.

O que é?

 

A curetagem, na dermatologia, é uma técnica específica de remoção de tecido utilizando-se um instrumento não cortante, a cureta. Pode ser realizada como procedimento único para lesões superficiais, como, por exemplo, molusco contagioso ou ceratose seborreica, ou como complemento em tratamento de outras lesões cutâneas, como verrugas gerais, ou até carcinomas basocelulares.

Quando realizada superficialmente, pode ser feita apenas com anestesia tópica. Para procedimentos mais profundos, demorados ou em pacientes mais sensíveis é recomendável a infiltração anestésica.

 

Indicação

 

É muito corriqueiro a curetagem fazer parte de outro procedimento maior como, por exemplo, uma eletrocirurgia ou uma criocirurgia. As indicações mais comuns desse método são em casos de:

  • Molusco contagioso;
  • Verrugas virais;
  • Ceratose seborreica;
  • Ceratose actínica;
  • Carcinoma basocelulares pequenos e de baixa agressividade.

O que é?

 

Matricetomia e Cantoplastia são técnicas mais popularmente conhecidas como cirurgia da unha encravada. O tratamento é realizado com anestesia local e consiste na retirada parcial ou total da unha doente.

Abrir bate-papo
1
Escanear o código
Olá 👋
Podemos ajudá-lo?